Bem vinda, Visitante! [Registrar-se | Entrar

A castração dos coelhos

A castração dos coelhos, DESTAQUES 16 de outubro de 2018

A castração dos coelhos

A castração dos coelhos, normalmente, não se justifica em criações comerciais ou industriais, entretanto, isto não significa que não apresente algumas vantagens e que, em certos casos, seja mesmo necessária.

A castração ou ablação das glândulas sexuais produz a neutralização sexual, tanto em machos quanto em fêmeas e provoca, também, modificações na conformação e funcionamento gerais do organismo animal, bem como alterações locais nos órgãos sexuais. Sua ação se faz tanto mais acentuada quanto mais novo for operado o coelho. Nos machos, apresenta as seguintes vantagens:

– impede que animais inferiores, doentes ou defeituosos se reproduzam;
– suprime o instinto genético ou sexual;
– paralisa o desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários;
– nos machos novos, diminui o desenvolvimento dos órgãos sexuais acessórios;
– provoca atrofia nos órgãos de correlação hormonal com as glândulas sexuais;
– melhora as qualidades da carne, pele e pêlo;
– os pêlos ficam mais lisos, brilhantes e mais longos, como no caso dos angorás;
– os coelhos crescem e se desenvolvem mais, aumentando de tamanho porque o seu período de crescimento se prolonga e suas extremidades ficam mais longas;
– sua cabeça se afina e eles se afeminam;
– ficam mais calmos;
– apresentam maior tendência à engorda;
– podem permanecer em lotes durante toda a vida;
– a carne fica mais branca, delicada e saborosa, embora apresentem uma tendência para o acúmulo de gordura;
– elimina o cheiro característico dos machos velhos;
– favorecem a uniformidade da pele.

A castração é feita, em geral, só nos machos e quanto mais cedo melhor, antes dos três meses de idade, logo que os testículos “desçam” para a bolsa e que possam ser seguros com facilidade e firmeza, para a operação. É uma operação muito simples, quando não há alterações anatômicas anormais.

O post A castração dos coelhos apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

Sem tags

156 total de visualizações, 1 hoje

  

Links patrocinados

Site do Café
  • Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão

    de em 30 de outubro de 2019 - 0 Comentários

    Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão A economia continua patinando, mas os negócios nos leilões de elite seguem de vento em popa e movimentando cifras milionárias. A vaca nelore Jamaya da Di Gênio foi vendida no 5º Encontro Vila Real, pregão realizado em Brotas (SP), no último dia 26, por […]

    O post Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Produção comercial de rãs

    de em 30 de outubro de 2019 - 0 Comentários

    A criação de rãs ou ranicultura é uma atividade pecuária das mais lucrativas, desde que desenvolvida de maneira adequada, com um padrão zootécnico elevado. Desta forma, poderemos obter uma alta produtividade e, conseqüentemente, boa lucratividade. As condições em um ranário são completamente diferentes das encontradas pelas rãs na natureza, pois o nosso objetivo ao criá-las […]

    O post Produção comercial de rãs apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.