Bem vinda, Visitante! [ Registrar-se | Entrar

Coelheiras Automáticas

Coelheiras Automáticas, DESTAQUES 14 de outubro de 2018

Coelheiras Automáticas

Nesse tipo de coelheira, o fornecimento de alimentos e de água, bem como a limpeza, são automáticos.

A coleta dos excrementos e detritos é feita por meio de uma correia sem fim, que gira 24horas por dia. Esses detritos são lançados sobre a correia, por vassourinhas ou escovas de borracha, que os retiram das bandejas coletoras existentes debaixo dos pisos de todas as gaiolas. Eles são lançados para depósitos existentes nas extremidades das fileiras de coelheiras.

Para que os mecanismos funcionem normalmente, não é conveniente que sejam usadas forragens verdes ou capins, porque podem penetrar nos motores e engrenagens, danificando-os e os paralisando. Além disso, devem ser protegidos por capas plásticas, para evitar os efeitos da urina dos coelhos sobre os seus mecanismos, porque ela é altamente corrosiva.

Essas coelheiras automáticas apresentam as seguintes vantagens:

– Economia de mão-de-obra aumentando, muito, o número de coelhos que podem ser tratados por um só empregado.

– Reduz o desperdício e o estrago de alimentos e a limpeza contínua reduz o cheiro característico das criações em galpão com piso de cimento.

As desvantagens, no entanto, são as seguintes:

– O investimento inicial é muito elevado, pois os mecanismos e a construção das coelheiras são muito caros.

– A fiscalização e o exame dos animais é muito mais difícil pois, normalmente, os tratadores se descuidam desse importante trabalho e, quando é descoberto um coelho doente, seu estado já se agravou ou a doença já progrediu bastante e, o que é pior, quando se trata de uma doença contagiosa, ela já pode haver atacado grande número de animais.

– Há necessidade de conhecimentos mecânicos para a conservação e reparo dos mecanismos.

O post Coelheiras Automáticas apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

Sem tags

130 total de visualizações, 1 hoje

  

Links patrocinados

Site do Café