Bem vinda, Visitante! [Registrar-se | Entrar

Como escolher os coelhos reprodutores

Como escolher os coelhos reprodutores, DESTAQUES 11 de outubro de 2018

Como escolher os coelhos reprodutores

A seleção ou escolha dos machos reprodutores é um procedimento de grande importância, pois são eles que irão transmitir suas características à descendência, deles dependendo a melhoria da criação, quer sob o ponto de vista racial, quer sob o aspecto da produção. Naturalmente que da fêmea também depende, em grande parte, o sucesso da criação.

O que nos interessa nos reprodutores é verificar se são bons “raçadores”, isto é, se transmitem suas boas qualidades à descendência e se eles se manifestam como homozigotos.

Para que seja feita uma boa escolha, devemos escolher reprodutores de acordo com as seguintes regras gerais:

– que sejam puros, de raças aperfeiçoadas ou tipos especiais para uma determinada produção e também para características étnicas e morfológicas de capa, conformação, peso, rusticidade, precocidade, etc., de acordo com os padrões exigidos;

– sejam sadios, vivos, pêlos brilhantes, fortes, em bom estado de nutrição e musculosos, sendo exigido do macho um mínimo de fecundidade e das fêmeas, que concebam;

– tenham idade conveniente, não sendo nem muito novos e nem muito velhos, para que possam ser utilizados com o máximo aproveitamento e durante o maior tempo possível;

– sejam bem conformados, com acentuadas características sexuais e da sua especialização e, quando já utilizados, que suas aptidões sejam comprovadas através de um controle prévio;

– devem ser provenientes de ninhadas numerosas, de 7 a 8 láparos, no mínimo;

– de preferência, sejam conhecidas as características de seus ascendentes, pois maiores serão as possibilidades de as crias corresponderem ao desejado.

Como base para uma boa seleção, podemos levar em conta, ainda, animais nascidos em épocas mais propícias para uma boa alimentação, condições climáticas também mais favoráveis à criação, bem como o controle dos reprodutores desde a desmama, com anotações regulares sobre estado de saúde, desenvolvimento, peso, pelagem, etc.

Se fizermos uma boa escolha dos reprodutores, já estaremos bastante adiantados ao iniciarmos as práticas de reprodução. Para isso, porém, é necessário que todos os reprodutores sejam identificados individualmente, por um número ou nome e que haja um controle de sua vida, das coberturas, da descendência, etc.

O post Como escolher os coelhos reprodutores apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

Sem tags

222 total de visualizações, 1 hoje

  

Links patrocinados

Site do Café
  • Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão

    de em 30 de outubro de 2019 - 0 Comentários

    Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão A economia continua patinando, mas os negócios nos leilões de elite seguem de vento em popa e movimentando cifras milionárias. A vaca nelore Jamaya da Di Gênio foi vendida no 5º Encontro Vila Real, pregão realizado em Brotas (SP), no último dia 26, por […]

    O post Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Produção comercial de rãs

    de em 30 de outubro de 2019 - 0 Comentários

    A criação de rãs ou ranicultura é uma atividade pecuária das mais lucrativas, desde que desenvolvida de maneira adequada, com um padrão zootécnico elevado. Desta forma, poderemos obter uma alta produtividade e, conseqüentemente, boa lucratividade. As condições em um ranário são completamente diferentes das encontradas pelas rãs na natureza, pois o nosso objetivo ao criá-las […]

    O post Produção comercial de rãs apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.