Controle informatizado das atividades agropecuárias

O controle das atividades de qualquer empresa ou atividade é primordial para o sucesso. Entretanto, no setor rural, principalmente quando nos referimos aos pequenos e médios produtores, de maneira geral, podemos dizer que não há uma sistemática no controle das atividades e processos.

Simples e eficazes providências como a utilização de um controle informatizado, com apenas o auxílio de um microcomputador, pode trazer um ganho de produtividade inimaginável, em qualquer segmento da agricultura ou da pecuária.

No controle de rebanhos, por exemplo, um sistema bem feito deve ter a “ficha” de todos os animais, com dados como vacinações, idade, histórico veterinário, coberturas, número de crias, etc.

Na Agricultura podem ser feitos controles das áreas plantadas, de todas as culturas da fazenda, das projeções de colheita e de faturamento, das datas de pulverizações, capinas, aragens, etc.

É claro que os agricultores e os produtores rurais que ainda não implementaram sistemas de controle eficientes, contam com a sua própria memória e a dos seus funcionários ou, ainda, com sistemas de controle em papel ou em fichas, principalmente no caso do controle de rebanhos.

Entretanto, há uma pergunta que não pode deixar de ser feita: por que não utilizar métodos mais eficientes e que, certamente, trarão melhores resultados e, conseqüentemente, maiores lucros? Normalmente a resposta, mesmo que o produtor não admita, é a resistência a novas técnicas e ferramentas, como é o caso do computador.

Além do controle da produção, sistemas de controle eficientes da “burocracia” do negócio rural, podem trazer melhor aproveitamento de materiais e de pessoal. Contas a pagar e a receber, fluxo de caixa, folha de pagamento, controle de consumo de fertilizantes, rações, etc., podem fazer o produtor rural economizar muito dinheiro, através da análise dos dados. Este tipo de economia, por si só, já cobre todos os possíveis custos com a implantação dos sistemas informatizados.

A contabilidade, o controle das operações e da produção da empresa rural, que não é muito valorizado pelos pequenos e médios produtores, pode e deve ser utilizado como mais uma arma do produtor na sua “guerra” para produzir mais, com maior qualidade, ao menor custo e com uma boa margem de lucro, que pode ser aumentada com a redução de custos e aumento da produtividade de suas atividades.

Para se implantar bons sistemas de controle, é necessário que se tenha um microcomputador com as características ou configurações necessárias para a operação dos diversos tipos de softwares de gerenciamento agropecuário disponíveis no mercado. Estes softwares, desenvolvidos por empresas especializadas, atendem a todos os interesses e aplicações possíveis como, por exemplo, controle de safras, de rebanhos de bovinos, caprinos, ovinos, armazenagem agrícola, produção de grãos, softwares administrativos, etc.

site do café

O post Controle informatizado das atividades agropecuárias apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

8 de janeiro de 2020 10:32

427 visualizações, 0 hoje