Bem vinda, Visitante! [Registrar-se | Entrar

Desmama precoce dos coelhos

Desmama precoce dos coelhos, DESTAQUES 16 de outubro de 2018

Desmama precoce dos coelhos

A desmama precoce é realizada quando os láparos atingem 21 ou 28 dias. Como estão em plena fase de amamentação, é necessário que o leite seja substituído por um alimento rico, principalmente em proteínas, sais minerais e vitaminas.

Quando a ração fornecida à coelha contém elevado teor desses elementos, a desmama precoce se processa normalmente. Se houver deficiência alimentar, por falta de elementos nutritivos necessários à alimentação dos láparos, eles não se desenvolvem satisfatoriamente.

Alguns criadores fizeram a desmama precoce aos 14 dias de idade, com ótimos resultados, mas isso requer cuidados e um tipo de alimentação especiais. As fêmeas não eram de raças puras e sim comuns, que receberam feno e água à vontade, além da ração. Nesta ração, devem aparecer os seguintes elementos:

– Fibra bruta
– Substância seca
– Gordura
– Proteína bruta
– Matérias E.L.N.
– Minerais
– Vitaminas A, D e furazone.

Os láparos receberam ainda, na desmama, leite em pó, água e a mesma ração da coelha.

Para que os filhotes se acostumem a beber no bebedouro, devemos esfregar o leite no seu focinho, algumas vezes, até que aprendam a bebê-lo.

Mais tarde, devemos misturar o leite em pó na ração, na dose de 10g por dia e por coelho, da terceira à sexta semanas de idade. O consumo é de 2,4kg de granulados e 0,2kg de leite em pó, por quilo de peso vivo.

Na desmama precoce, as diarréias são freqüentes, embora a mortalidade não seja maior do que na desmama normal, mas é maior nos coelhos menores.

A desmama precoce é realizada em algumas situações específicas, como a falta de leite ou a morte da mãe, por exemplo. Neste caso, antes de realizarmos a desmama precoce é aconselhável que coloquemos os láparos para serem amamentados por outras coelhas. Na impossibilidade desta medida, seja por qualquer motivo, devemos realizar a operação de desmama precoce e aceitar os riscos que, como já mencionamos, não são maiores que na desmama normal, à não ser no caso de láparos muito novos.

O post Desmama precoce dos coelhos apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

Sem tags

153 total de visualizações, 1 hoje

  

Links patrocinados

Site do Café
  • Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão

    de em 30 de outubro de 2019 - 0 Comentários

    Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão A economia continua patinando, mas os negócios nos leilões de elite seguem de vento em popa e movimentando cifras milionárias. A vaca nelore Jamaya da Di Gênio foi vendida no 5º Encontro Vila Real, pregão realizado em Brotas (SP), no último dia 26, por […]

    O post Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Produção comercial de rãs

    de em 30 de outubro de 2019 - 0 Comentários

    A criação de rãs ou ranicultura é uma atividade pecuária das mais lucrativas, desde que desenvolvida de maneira adequada, com um padrão zootécnico elevado. Desta forma, poderemos obter uma alta produtividade e, conseqüentemente, boa lucratividade. As condições em um ranário são completamente diferentes das encontradas pelas rãs na natureza, pois o nosso objetivo ao criá-las […]

    O post Produção comercial de rãs apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.