Bem vinda, Visitante! [Registrar-se | Entrar

Diferenças e semelhanças entre coelhos e lebres

DESTAQUES, Diferenças e semelhanças entre coelhos e lebres 16 de outubro de 2018

Diferenças e semelhanças entre coelhos e lebres

Apesar das semelhanças físicas, coelhos e lebres não são o mesmo animal. As lebres possuem as orelhas maiores que a cabeça e têm como uma de suas características principais, a velocidade. Já os coelhos têm as orelhas menores, são mais calmos e preferem viver em grupos, ao contrário das lebres, que são animais solitários.

Outras diferenças entre eles são:  enquanto os filhotes de lebres nascem com pelo e com os olhos abertos, os filhotes de coelhos nascem pelados, cegos e surdos (os pelos surgem oito dias depois do nascimento e os coelhinhos levam dez dias para abrirem os olhos). As lebres têm gestação de 42 dias, quando nascem de três a quatro filhotes. Os coelhos por sua vez, demoram só um mês para nascer e têm de três a seis filhotes.

Mas ambos chegam à vida adulta rapidamente: os coelhos aos quatro ou cinco meses e as lebres aos seis.

Quanto ao local em que vivem, as lebres são animais de superfície e os coelhos preferem viver em tocas subterrâneas. Para construírem seus ninhos, as lebres escolhem os lugares secos e sem vento e sempre os fazem sobre moitas de plantas. Já os coelhos cavam tocas na terra, que submersas, são repletas de entradas e corredores.

Das semelhanças entre esses animais, citam-se: ambos são herbívoros e saem à noite para se alimentar. Também não costumam beber muita água. Além disto, coelhos e lebres têm ótima audição: com suas longas orelhas que se mexem para todos os lados, eles conseguem distinguir os sons e saber de onde vêm. Quando estão em alerta, ambos ficam de pé em suas patas traseiras e com todos os sentidos ligados.

Existem cerca de 60 espécies de coelhos e lebres e mais de 50 raças de coelhos domésticos.

O post Diferenças e semelhanças entre coelhos e lebres apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

Sem tags

119 total de visualizações, 2 hoje

  

Links patrocinados

Site do Café
  • Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão

    de em 30 de outubro de 2019 - 0 Comentários

    Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão A economia continua patinando, mas os negócios nos leilões de elite seguem de vento em popa e movimentando cifras milionárias. A vaca nelore Jamaya da Di Gênio foi vendida no 5º Encontro Vila Real, pregão realizado em Brotas (SP), no último dia 26, por […]

    O post Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Produção comercial de rãs

    de em 30 de outubro de 2019 - 0 Comentários

    A criação de rãs ou ranicultura é uma atividade pecuária das mais lucrativas, desde que desenvolvida de maneira adequada, com um padrão zootécnico elevado. Desta forma, poderemos obter uma alta produtividade e, conseqüentemente, boa lucratividade. As condições em um ranário são completamente diferentes das encontradas pelas rãs na natureza, pois o nosso objetivo ao criá-las […]

    O post Produção comercial de rãs apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.