Frigorífico envolvido em caso de Covid-19 no frango testará todos os funcionários em SC

Frigorífico envolvido em caso de Covid-19 no frango testará todos os funcionários em SC

A Cooperativa Aurora, dona do frigorífico responsável pela carga de asas de frango que a China afirmou ter detectado Covid-19 na semana passada, testará todos os seus funcionários em Santa Catarina. A medida inclui a unidade de Xaxim, de onde partiu o lote.

Em acordo firmado com o Ministério Público do Trabalho (MPT) no último dia 4 de de agosto e divulgado somente nesta segunda-feira (17/8), a Aurora comprometeu-se a testar, também, os trabalhadores de  Guatambu e Chapecó, totalizando cerca de 11 mil funcionários.

Segundo o MPT, os testes do tipo RT-PCR serão aplicados a partir de sexta-feira (21/8)em duas etapas, com intervalo entre 14 e 21 dias. Com isso, o órgão estima que o total de testagens possa alcançar até 22 mil procedimentos, o que representaria cerca de 10% do total de testes já feitos em Santa Catarina desde o início da pandemia.

O protocolo acordado com a cooperativa também prevê o afastamento por 14 dias daqueles trabalhadores cujo teste der positivo, com retorno ao trabalho somente caso daqueles que se mantiverem assintomáticos por pelo menos 72 horas. No caso dos testes negativados, os funcionários retornarão às atividades após quarentena de 72 horas.

Desde maio, a Aurora mantém um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o MPT para implantar medidas de prevenção à Covid-19 em unidades da cooperativa em todo o país. Entre os compromissos assumidos, estão o distanciamento mínimo de um metro na linha de produção e o uso de anteparos físicos entre os postos de trabalho.

Em relação à testagem, o TAC prevê o mesmo protocolo acordado com o MPT no início deste mês, mas apenas nos casos suspeitos ou prováveis da doença. Segundo as obrigações assumidas pela Aurora, as unidades da empresa também devem realizar triagem a cada sete dias, no mínimo, para avaliação médica individual dos casos selecionados como suspeitos.

Com 43 cláusulas no total, o acordo com o MPT prevê multa mensal de R$ 30 mil por obrigação descumprida, limitada a R$ 1 milhão por estabelecimento. Além de Santa Catarina, a cooperativa mantém operações no Rio Grande do Sul, no Paraná e em Mato Grosso do Sul.

 

 

site do café

O post Frigorífico envolvido em caso de Covid-19 no frango testará todos os funcionários em SC apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

17 de agosto de 2020 23:20

308 visualizações, 0 hoje