Bem vinda, Visitante! [ Registrar-se | Entrar

Hipismo – esporte que exige sensibilidade e dedicação

DESTAQUES, Hipismo - esporte que exige sensibilidade e dedicação 25 de outubro de 2018

Hipismo – esporte que exige sensibilidade e dedicação

O hipismo é um esporte que se confunde com a própria história da humanidade. Desde o início da utilização dos cavalos como transporte para os seres humanos, a relação entre o homem e o cavalo se estreitou de uma maneira tão impressionante que, mesmo sem serem tão utilizados no mundo moderno, os cavalos ainda exercem uma grande atração e fascínio sobre as pessoas.

Essa “ligação” que existe entre homem e cavalo é muito evidente em um dos esportes mais tradicionais na história da humanidade: o Hipismo. Essa modalidade olímpica apresenta características únicas, pois se trata de uma competição não entre homens, mas sim entre duplas, compostas pelos cavaleiros e suas valentes montarias, que se aventuram em um campo de obstáculos com coragem e determinação.

Esse esporte pode ser praticado por homens e mulheres, adultos e crianças e desperta nas pessoas uma sensibilidade que nenhuma outra atividade esportiva é capaz de fazer. Demanda coragem, dedicação, muito treinamento e a sensibilidade para “entender” e se comunicar com o cavalo, pois somente o trabalho em dupla bem afinado pode levar cavaleiro e cavalo a obterem sucesso no Hipismo. É considerado um esporte nobre, por ser praticado pela realeza européia há gerações, mas não é, necessariamente, um esporte caro.

As provas são compostas de uma série de obstáculos que variam de 12 a 15, em geral. Os obstáculos podem ser verticais ou horizontais, fazendo com que as duplas saltem em altura e em distância. A altura dos obstáculos em provas olímpicas varia de 1,30 até 1,60, normalmente, mas podem chegar até mais de 1,80. O objetivo da competição é chegar ao final do percurso no menor tempo, com o menor número de faltas. As faltas que mais ocasionam perda de pontos são os derrubes (derrubar obstáculos), erros de percurso, refugos (quando o animal “desiste” de saltar um determinado obstáculo), a queda do cavalo, cavaleiro ou ambos e quando a dupla excede o tempo limite da prova.

O treinamento para o hipismo é longo, tanto para o cavaleiro quanto para o cavalo. Em primeiro lugar, o cavaleiro precisa de muita prática, que somente o tempo e a persistência podem proporcionar, além de coragem e uma boa conecção com o cavalo. Já com o cavalo, o processo é outro, mas igualmente demorado.

Para que seja formada uma dupla campeã, a escolha do cavalo ideal é fundamental, do contrário, de nada adiantam anos de treinamento do cavaleiro, sem um bom cavalo à sua disposição. O cavalo deve ter boa conformação, uma altura entre 1,62 e 1,67m e manter uma proporção com a altura do cavaleiro. Deve ser dócil, inteligente e passar por um bom trabalho de fortalecimento muscular, para que sejam evitadas ou minimizadas as lesões que o esporte pode causar. A doma deve ser bem feita, de maneira racional, criando o elo entre cavalo e cavaleiro e estabelecendo a relação de submissão, vital para que o cavaleiro possa impor o rítimo que desejar.

O post Hipismo – esporte que exige sensibilidade e dedicação apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

Sem tags

113 total de visualizações, 1 hoje

  

Links patrocinados

Site do Café