Importação chinesa de soja deve aumentar com recuperação do rebanho de suínos

Suinocultura chinesa foi fortemente afetada por uma epidemia de peste suína africana e está

As importações chinesas de soja na temporada 2020/2021 foram revisadas para cima, em cerca de 5 milhões de toneladas, segundo estimativa do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês). De acordo com o departamento, a redução dos estoques e o crescente consumo de farelo de soja pelos setores de suínos e aves, que estão em expansão na China, impulsionam as importações.

“A produção de ração está projetada para aumentar durante o restante de 2020 e em 2021, à medida que o rebanho suíno continua a se recuperar da peste suína africana e o setor avícola se expande para atender à crescente demanda”, disse o USDA. O departamento americano também calcula que as importações chinesas de soja em 2019/2020 devem registrar elevação por causa dos três meses consecutivos de compras recordes do Brasil.

site do café

O post Importação chinesa de soja deve aumentar com recuperação do rebanho de suínos apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

9 de setembro de 2020 18:25

291 visualizações, 0 hoje