Bem vinda, Visitante! [ Registrar-se | Entrar

Manutenção de camarões em aquários ornamentais

Destaques do agronegócio 3 de outubro de 2018

Manutenção de camarões em aquários ornamentais

Quando desejamos ter aquários ornamentais com camarões de água doce, mas sem criá-los com finalidade comercial, podemos montá-los, praticamente, como o fazemos para peixes ornamentais comuns. Servem, também, para a reprodução e a produção de poslarvas e, neste caso, sem plantas ou enfeites.

Formas e tamanhos

Os aquários podem ser retangulares ou quadrados, mas não redondos, embora possam ter os seus cantos arredondados. Seu tamanho deve estar relacionado com o número de animais que desejamos neles colocar, sendo esse cálculo baseado no número de camarões adultos que eles podem comportar e não no número de animais jovens que neles podemos colocar.

Quanto maiores, no entanto, melhor, porque a cama, as pedras ou outro material para fazer os abrigos e os outros acessórios ocupam, relativamente, menor espaço, o que permite a colocação de maior número de camarões e ainda diminuem as brigas entre eles. Além disso, a temperatura da água se conserva mais constante e, ainda, o aquecimento, a iluminação, a aeração e a limpeza se tornam mais fáceis.

Outra vantagem de aquários maiores é que diluem os erros que porventura sejam cometidos. Quanto maior a altura em relação ao comprimento do aquário, menor será, relativamente, a superfície da água em contato com o ar, o que significa menor aeração, porque o ar penetra apenas em uma fina camada superficial de água, de 2 a 3mm de espessura sendo, por esta razão, necessário o uso de aeradores para aumentar a difusão do ar dentro da massa líquida e para que, provocando ondas, aumentem a superfície da água em contato com o ar.

De um modo geral, a altura deve ter a metade do comprimento do aquário, mas não ultrapassando 55 a 60cm, para que a luz penetre até o fundo e para que as algas e plantas (em aquários ornamentais) cresçam melhor. O melhor é que sejam grandes, largos, baixos e com o maior comprimento possível.

Podemos ter aquários de 60 a 600 litros, embora possam ser menores ou bem maiores, de acordo com as necessidades ou as circunstâncias.

Volume de água

Para calcularmos quantos litros de água cabem em um determinado aquário ou tanque, basta multiplicarmos o seu comprimento pela sua largura e esse resultado, pela sua altura. Depois, é só dividir por 1.000 e teremos o resultado em litros.

Assim, para um aquário de 70cm de comprimento por 40cm de largura e 40cm de altura, teríamos:

70 x 40 x 40 = 112.000 / 1.000 = 112 litros

Sobre esse resultado ou total, devemos deduzir 20%, pelo espaço ocupado pela cama, acessórios, etc. e porque não enchemos o aquário até a sua borda. Temos, assim, o seguinte cálculo: 112 x 20 / 100 = 89,60 litros de água, que é a capacidade real do aquário.

O post Manutenção de camarões em aquários ornamentais apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

Sem tags

125 total de visualizações, 1 hoje

  

Links patrocinados

Site do Café