Bem vinda, Visitante! [ Registrar-se | Entrar

Métodos para a identificação dos escargots

DESTAQUES, Métodos para a identificação dos escargots 5 de novembro de 2018

Métodos para a identificação dos escargots

Para que o criador possa fazer uma seleção dos seus escargots, principalmente com o objetivo de escolher os melhores para a reprodução, pode empregar 4 métodos bastante simples e eficazes:


– marcação à tinta;


– etiqueta adesiva;

– cor;
– misto.

Marcação à tinta

É um método muito simples, basta que o criador disponha de uma tinta especial para tatuagem ou mesmo nanquim, preta ou de qualquer outra cor e um pincel fino ou uma caneta.

Para identificar um escargot, por este método, basta escrever, em sua concha, números ou letras ou quando for o caso, números e letras ao mesmo tempo, ou até símbolos.

Etiqueta adesiva


Este método de identificação se resume em colar, na concha do escargot, um pedaço de fita adesiva, na qual são escritos números ou letras ou então, como no caso do método anterior, números e letras ou símbolos.

Cor

 
Este terceiro método de identificação, aqui apresentado, aproveita a variação das cores, como um código de identificação. Assim sendo, a cor azul, por exemplo, significa animais selecionados para a reprodução, nascidos no ano de 2000; a cor verde, os animais já em reprodução nascidos em 1999, etc. Essas cores tanto podem ser marcadas à tinta como também com a aplicação de etiquetas adesivas coloridas.

Método misto


Podemos empregar, ainda, este método que denominamos “misto” porque, não só identifica os escargots, pela sua categoria ou destinação mas, também, individualmente. Para isso, basta que nos utilizemos de etiquetas coloridas, nas quais são gravados números ou letras ou, então, combinações desses caracteres ou símbolos.

O post Métodos para a identificação dos escargots apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

Sem tags

99 total de visualizações, 1 hoje

  

Links patrocinados

Site do Café