Bem vinda, Visitante! [ Registrar-se | Entrar

Os ovos e o nascimento dos escargots

DESTAQUES, Os ovos e o nascimento dos escargots 5 de novembro de 2018

Os ovos e o nascimento dos escargots

Os ovos são formados por uma camada interna de albumina, na qual encontramos o germe do ovo, uma camada interna de hialina, fina e membranosa e, externamente, uma camada calcária branca, membranosa, que se solidifica em contato com o ar, ou seja, a casca, composta de cálcio e fósforo.


O número de ovos varia muito, de acordo com uma série de fatores, entre os quais podemos citar os que se seguem:

– espécie a que pertence o escargot;
 
– alimentação;
 
– clima, principalmente em relação à temperatura e à umidade.

As produções, em geral, atingem as seguintes quantidades, em uma só postura:

– Helix pomatia : 30 a 60;
 
– Helix aspersa : 80 a 120 e até 200, mas com uma média de 100;
 
– Outros escargots do gênero Helix : varia de 10 a 100.

Os mais prolíficos são os escargots chineses, entre os quais o Achatina fulica, que chega a botar 500 ovos e o turco Helix lucorum.

Incubação

O período de incubação dos ovos de escargots varia, não só de acordo com a espécie que produziu o ovo mas também devido a vários fatores, entre os quais temos os seguintes:
– temperatura : quando a temperatura é amena ou suave, o tempo de incubação é menor;
 
– umidade : sendo a umidade relativa do ar menor, maior é o período de incubação dos ovos de escargots.

Os períodos de incubação, no entanto, normalmente são os seguintes:


– Helix pomatia – 20 a 30 dias;
 
– Helix aspersa – 10 a 30 dias.

Eclosão


Após o período de incubação, chega o momento da eclosão ou “nascimento” dos pequenos escargots. Eclosão é o ato de os filhotes romperem a casca do ovo e saírem dele, ocorrendo, assim, o seu nascimento. O índice de eclosão é de 72% para o Helix aspersa, segundo H. Chevalier. Os escargots recém-nascidos são translúcidos, permitindo ver, no seu interior, o coração, como uma visícula escura e com movimentos, isto é, “batendo”.
 
Eles já nascem com uma pequena concha membranosa e fina, medindo de 3 a 4mm de diâmetro. Essa concha é branca, passando, depois, a amarronzada. Após o nascimento, os filhotes permanecem no ninho durante 5 a 10 dias. Durante esse período eles ingerem a casca do ovo, como uma forma de se abastecerem de cálcio e fósforo de que tanto necessitam, principalmente para a formação da sua concha.

Parece que, durante esse tempo, eles se alimentam, também, de detritos orgânicos em decomposição. Somente depois desse período é que esses pequeninos escargots saem do ninho. Para isso procuram, de preferência, fazê-lo durante a noite ou então em dias chuvosos evitando, assim, os raios de sol, o calor ou mesmo dias muito secos, para que não sofram problemas de desidratação. Logo que saem do ninho, procuram avidamente os seus alimentos naturais e passam a se alimentar exatamente como os adultos.

O post Os ovos e o nascimento dos escargots apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

Sem tags

125 total de visualizações, 1 hoje

  

Links patrocinados

Site do Café