Bem vinda, Visitante! [Registrar-se | Entrar

Sala de ordenha para cabras

DESTAQUES, Sala de ordenha para cabras 9 de outubro de 2018

Sala de ordenha para cabras

Realizar a ordenha das cabras em salas especiais, com esta finalidade, apresenta uma série de vantagens:

– melhores condições de higiene;

– maior conforto para as cabras e

– mais facilidade e melhores condições de trabalho para o ordenhador.

Quanto às suas desvantagens, temos:

– maiores custos de construção;

– ocupação de maiores áreas de terreno;

– necessidade de deslocar as cabras do curral para a sala de ordenha e depois, para outro curral ou estábulo;

– aumenta o tempo total para o manejo.

O tamanho ou capacidade da sala de ordenha pode variar de acordo com as necessidades ou circunstâncias, sendo classificadas em:

– pequenas, para até 10 cabras;

– médias, de 11 a 25 cabras;

– grandes para mais de 25 animais.

Existe uma série de tipos de salas de ordenha, mas vamos abordar apenas os principais, mais práticos, ou que apresentam as maiores vantagens:

Plataforma de ordenha

Nada mais é do que um ripado fixado a certa altura do chão e destina-se a manter as cabras a uma altura que permita maior conforto e facilidade ao ordenhador para ordenhar as suas cabras. Em cada uma das suas extremidades, existe uma rampa para a subida e descida das cabras. Como acessórios dessa plataforma, temos os cochos para a ração e os instrumentos de contenção. Quando a ordenha é mecânica, são adaptados à essa plataforma, os aparelhos ou equipamentos da ordenhadeira mecânica.

Disposição das cabras na plataforma

Duas são as posições básicas:

– as cabras ficam paralelas umas às outras e a ordenha é feita por trás, tornando-se difícil a colocação da ordenhadeira, pela frente;

– as cabras ficam ao lado umas das outras, mas formando um ângulo de 45 ou 60º, em posição oblíqua à plataforma, permitindo não só a ordenha pelo lado, mas também facilita a colocação da ordenhadeira pela frente. Podemos ter uma ou mais plataformas no mesmo estábulo ou sala de ordenha.

Salas de ordenha em corredor

Nada mais são do que um simples corredor de 2m de largura por 4,5 ou mais de comprimento, de acordo com o número de ordenhadores, em geral 2. Quando necessário, basta somente 1 ordenhador, desde que trabalhe só com a metade dos coletores de leite. A colheita do leite pode ser feita através de pipe-lines em linha baixa ou em linha alta, mas esses equipamentos são muito caros ou, então, em vasilhas especiais fervidas ou, de preferência, esterilizadas.

O post Sala de ordenha para cabras apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

Sem tags

212 total de visualizações, 1 hoje

  

Links patrocinados

Site do Café
  • Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão

    de em 30 de outubro de 2019 - 0 Comentários

    Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão A economia continua patinando, mas os negócios nos leilões de elite seguem de vento em popa e movimentando cifras milionárias. A vaca nelore Jamaya da Di Gênio foi vendida no 5º Encontro Vila Real, pregão realizado em Brotas (SP), no último dia 26, por […]

    O post Vaca é vendida por preço recorde neste ano: R$ 1,95 milhão apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Produção comercial de rãs

    de em 30 de outubro de 2019 - 0 Comentários

    A criação de rãs ou ranicultura é uma atividade pecuária das mais lucrativas, desde que desenvolvida de maneira adequada, com um padrão zootécnico elevado. Desta forma, poderemos obter uma alta produtividade e, conseqüentemente, boa lucratividade. As condições em um ranário são completamente diferentes das encontradas pelas rãs na natureza, pois o nosso objetivo ao criá-las […]

    O post Produção comercial de rãs apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

  • Vaca Louca

    de em 8 de novembro de 2019 - 0 Comentários

    “DOENÇA DA VACA LOUCA” é o termo vulgar denominado da enfermidade Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). É uma doença infecciosa que causa lesões neurodegenerativas (degenera o cérebro) progressivas e levam o animal à morte. Supõe-se que a epdemia da Vaca Louca, teve início na Inglaterra em 1985, porém, além da Grã-Bretanha, a doença já foi diagnosticada […]

    O post Vaca Louca apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.