O mercado leiteiro no Brasil

O mercado do leite no Brasil é, sem dúvida, um dos mais problemáticos no panorama agropecuário brasileiro. Quando dizemos problemático, nos referimos não só aos seus problemas mas, também, a complexidade desse setor.

Este é um problema histórico que, podemos dizer, iniciou-se no início do século XX, quando a produção começou a ser mais profissional. Desde aquela época, até os dias de hoje, a maior parte da produção brasileira é pulverizada, feita por pequenos e médios produtores. São considerados pequenos produtores aqueles que produzem até 50 litros/dia e médio produtor aquele que produz, em média, 200 litros/dia.

Uma pulverização tão grande na produção nacional acarreta muitos problemas, principalmente o aumento do custo médio do litro de leite produzido e uma baixa qualidade. Além disso, a coleta do leite fica pulverizada, aumentando, ainda mais, o custo de cada litro. Por outro lado, com o advento dos grandes investimentos no setor de leite longa vida, criou-se uma demanda por leite de maior qualidade e com menor custo, o que é contraditório com o esquema atual de produção no País. Mesmo assim, houve um grande número de investimentos em produção em larga escala de leite de alta qualidade, principalmente na produção de leite B, para venda em embalagens longa-vida. Além disso, o mercado de leite tipo A também está em fase de expansão.

Com uma produtividade que ainda deixa a desejar, a produção nacional nem sempre consegue suprir as necessidades de consumo interno e, muitas vezes, o nosso abastecimento é reforçado com leite longa-vida importado.

Com essa matéria, gostaríamos de ressaltar que ainda há um enorme espaço na pecuária leiteira brasileira, mas não para qualquer um. Investimentos volumosos e bem feitos podem ser uma boa garantia de retorno financeiro. Além disso, junto com a produção leiteira o pecuarista ainda pode atuar no mercado de reprodutores, muitas vezes, um mercado mais lucrativo que a própria produção leiteira.

site do café

O post O mercado leiteiro no Brasil apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

29 de janeiro de 2020 08:40

396 visualizações, 0 hoje