Cooperados deram sinal verde para novo modelo de governança e redução de custos na Cooparaiso

 

Cooperados deram sinal verde para novo modelo de governança e redução de custos na Cooparaiso

Cooparaiso, uma das maiores do país, foi autorizada ainda a buscar parceiro estratégico para aporte de capital visando a criação da Global Cia. de Café

Em Assembleia Geral Extraordinária realizada na manha de sexta-feira (28/02), os cooperados da Cooperativa Regional dos Cafeicultores de São Sebastião do Paraíso – Cooparaiso, aprovaram um amplo plano de reestruturação, cuja linha central é uma mudança de modelo com a criação de uma estrutura eficiente e competitiva que visará atender os anseios do cooperado com foco na oferta de melhor prestação de serviços.

O modelo da nova governança propõe uma redução no custo operacional da cooperativa em relação ao exercício de 2013, que equivale a uma diminuiçãosignificativa de até 38% nas despesas para o ano de 2014.

O plano de reestruturação, conforme orientações dos Conselhos de Administração e Fiscal da Cooparaíso, foi desenvolvido por um Grupo de Trabalho composto por funcionários da cooperativa, com o suporte das consultorias MB Associados e INEPAD, resultando em um novo modelo de Gestão Empresarial estratégica orientado para a produtividade, qualidade, competitividade e lucratividade, sempre com foco no associado.

O conceito do plano a curto prazo envolve uma racionalização na estrutura, que resultará numa adequação do quadro funcional, bem como num conjunto de ações adequando a estrutura existente neste novo modelo, o que foi bem recebido pela Assembléia, uma vez que o momento do setor de café exige austeridade.

Como parte do processo para fortalecer sua saúde financeira e ganhar maior agilidade e musculatura no mercado, os produtores ratificaram ainda a autorização de 31 de março de 2005, para que a Cooparaiso busque uma parceria estratégica com a finalidade de se criar a Global, que será uma empresa comercializadora de café, visando atender a demanda do produtor com eficiência na venda de seu produto.

“Os produtores associados aprovaram esta mudança de gestão e de concepção da cooperativa, um fato realmente muito forte e necessário. É uma proposta de valor para o cooperado e, por conseqüência, para a cooperativa. Não tem alternativa, é fazer ou fazer para garantir o futuro da Cooperativa e a manutenção do conjunto de prestação de serviços aos produtores”, pontuou o presidente da Cooparaiso Carlos Melles.

A Assembleia dos cooperados autorizou ainda a Cooparaiso a contratar financiamento de cotas partes e de recebíveis, além de outras linhas para sua capitalização.

Outro ponto aprovado na Assembléia diz respeito a alterações no Conselho de Administração, ficando autorizada a reforma do Estatuto Social da Cooparaiso, relativo ao artigo 36 que modifica a composição do Conselho de Administração, que será composto de 07 membros, sendo um Presidente do Conselho, um Vice-Presidente do Conselho e cinco membros vogais.

Foi alterado ainda o Artigo 39 item II, que substitui o numero de onze candidatos para sete candidatos a membros efetivos; e o Artigo 41 item II, que substitui o numero de quórum para instalação das reuniões do Conselho de no mínimo 6 (seis) para 4 (quatro) membros deste conselho.

Na avaliação dos produtores presentes na Assembleia, no momento em que a Cooparaiso completa 54 anos, a organização discute e aprova democraticamente um plano importante para o fortalecimento da instituição, valorizando o produtor e o setor cooperativista cafeeiro.

O post Cooperados deram sinal verde para novo modelo de governança e redução de custos na Cooparaiso apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

3 de janeiro de 2019 16:11

205 visualizações, 0 hoje