Criação de cavalos – instalações

Criação de cavalos – instalações

A criação de cavalos é uma atividade pecuária das mais especializadas, com maior grau de profissionalismo e técnicas empregadas. Dentro desse contexto, possuir instalações bem planejadas, onde as atividades possam ser realizadas da melhor maneira possível, é uma necessidade fundamental para que o criador tenha sucesso no seu empreendimento, isto é, obtenha lucros satisfatórios com a sua criação.

Existem dois sistemas de criação para cavalos, como para muitos outros animais, que são os seguintes:

– Sistema de criação extensivo – no qual os cavalos são criados soltos, também chamado “de campo”;
– Sistema de criação intensivo – utilizado, basicamente, para animais de maior valor e de acordo com a finalidade, por exemplo, para animais de corridas. Este sistema também é conhecido como semi-estabulado.

As pastagens utilizadas para os eqüinos devem ser delimitadas e separadas por cercas de arame liso, tábuas lisas de qualidade e com mourões de madeira ou cimento, bem fixados e colocados em intervalos de doze metros. Na parte superior da cerca, coloca-se uma ripa branca, para dar orientação aos cavalos. Nunca deve ser utilizado arame farpado, para evitar possíveis ferimentos nos animais. As cercas devem ter de 1,40 a 1,70m de altura.

É necessário que se tenha cavalariças adequadas, bem construídas, afastadas das outras instalações (para dar tranqüilidade aos animais) e que sejam bem protegidas dos ventos. Normalmente, são construídas em forma de “U” ou “L”. Para evitar a ação dos ventos, podem ser protegidas por encostas, árvores ou qualquer outra maneira para que a incidência dos ventos seja a menor possível.

Cada box deve ter de 9 a 16 metros quadrados. Esta variação se deve à variedade de tamanhos dos animais das diversas raças. As baias devem ter de 3 a 4 metros de comprimento e por volta de 2 metros de largura. Os corredores de circulação devem ter 2,40m de largura, para facilitar o deslocamento dos animais.

A construção deve ser feita com paredes de tijolos, madeira reforçada ou, ainda, de concreto. A altura da construção é de, no máximo, 4 metros. Os cochos e bebedouros devem ser de alvenaria ou metal (ferro). Não deve haver nenhum canto vivo, que possa ferir os animais.

O piso da cavalariça e dos corredores de passagem precisam ser de concreto, para que haja a higienização necessária, facilitando a limpeza. 

O post Criação de cavalos – instalações apareceu primeiro em Celeiro do Brasil.

25 de outubro de 2018 17:03

283 visualizações, 0 hoje